sábado, 11 de junho de 2016

SLIMANI - Um exemplo de Sportinguismo

Tribunal declara arresto de bens ao "talibã" Slimani


O Tribunal de Primeira Instância de Lisboa decretou o arresto de vários bens de Islam Slimani, como providência cautelar para exigir ao jogador do Sportingo pagamento de uma dívida ao antigo empresário Chokri Yousfi.

A notícia foi revelada este sábado pelo jornal A Bola, que publica uma folha da decisão judicial.

A dívida em causa é de 183 mil euros e diz respeito a comissões que o empresário considera não terem sido pagas. Recorde-se que entretanto Slimani rescindiu com Chokri Yousfi, tendo assinado pelo italiano Federico Pastorello, não tendo sido já, portanto, o empresário argelino a tratar da renovação de contrato com o Sporting alcançada no início da última época.

Ora por isso, o empresário recorreu para tribunal, que ordenou agora o arresto dos saldos bancários de vários bens: das contas de Slimani em Portugal, dos créditos de IRS e IVA que o jogador venha a ter, de dois automóveis que o avançado tem registados em Portugal e de um terço do vencimento que Slimani recebe do Sporting.

Na base desta decisão, explica o tribunal, está a iminência da transferência do jogador para fora de Portugal, o que tornaria praticamente impossível ao referido tribunal proceder à cobrança da dívida.