sexta-feira, 22 de julho de 2016

GRANDES NOMES

FIALHO



Alberto António Monteiro



Natural de Cabo Verde, onde nasceu a 18 de Julho de 1928, jogou no Benfica de Bissau antes de se transferir para o Sport Lisboa e Benfica.

Extremo direito/esquerdo, Du Fialho com uma perspectiva de carreira ao mais alto nível, viu os seus sonhos truncados quando Pires, lateral do Belenenses, lhe partiu uma perna ( diz-se que o jogador de Belém "vingou-se" devido ao show que o Fialho lhe estava a dar ).



Devido a essa grave lesão e à competitividade no plantel do Benfica ( Palmeiro, Palmeiro Antunes e Cavém ), os seus dias no clube estavam contados.



Na época de despedida do Benfica, apenas disputou um jogo oficial e a contar para a Taça de Portugal- vitória sobre o Farense, no Algarve e por expressivos 4 - 0.



Na época 1956 / 57 deu-se o ingresso no Lusitano de Évora, onde fez parte de uma extraordinária linha atacante formada por Fialho, Flora, Cardona ( um jovem hondurenho de 18 anos, que viria a ter um enorme cartel em Espanha ao serviço do Atlético de Madrid ), Batalha/Carraça e José Pedro.

Chegou a desempenhar o cargo de seleccionador de Cabo Verde após a independência do país.


Benfica :

Campeão Nacional da 1ª Divisão : 1

1954 / 55 - ( 17 jogos / 5 Golos )


Campeonato Nacional da 1ª Divisão :

1953 / 54 - ( 16 jogos / 4 jogos )

1955 / 56 - Não efectuou nenhum jogo