terça-feira, 5 de junho de 2018


DAVID LUIZ QUER VOLTAR
AO BENFICA


David Luiz está interessado em voltar ao Benfica. Ao que se apurou, o defesa de 31 anos demonstrou recentemente essa intenção aos dirigentes do clube da Luz que, apesar de reconhecerem o seu valor, têm a consciência de que dificilmente a transferência se vai concretizar. O brasileiro foi pouco utilizado no Chelsea, na última época, depois de se ter incompatibilizado com o treinador António Conte, e procura soluções para um futuro longe de Londres. O defesa acredita que pode relançar a carreira no Benfica, clube no qual fez algumas das melhores épocas da carreira (entre 2006 e 2011), e vê com bons olhos um regresso a Portugal. Da parte do clube da Luz existe, naturalmente, vontade de contar com um jogador de qualidade e que é muito acarinhado pela família benfiquista. 





Porém, apesar da disponibilidade do atleta, há vários entraves às negociações. O principal é a questão salarial. Para regressar, o defesa teria de reduzir drasticamente o vencimento, pois os encarnados não entram em loucuras. Por outro lado, o clube quer manter a aposta em jogadores jovens, com margem de progressão, preferencialmente provenientes dos escalões de formação. Exemplo disso é a promoção à equipa principal de Ferro ou o possível regresso de Renato Sanches. Além dos fatores já mencionados, o Benfica já reforçou a zona central da defesa com a contratação de Conti. Agora, uma das prioridades do clube é segurar Jardel e Rúben Dias.



sábado, 19 de maio de 2018


SPORT LISBOA E BENFICA

TRANSFERÊNCIAS PARA 2018/19



Nicolás Castillo



O avançado internacional chileno Nicolás Castillo assinou com o Benfica um contrato válido até junho de 2023, anunciou hoje o clube vice-campeão português de futebol.



Os 'encarnados' confirmaram hoje a contratação do avançado, de 25 anos, que alinhava nos mexicanos do Pumas, para as próximas cinco temporadas.

"Mal soube do interesse do Benfica, o que queria era vir. É um clube grande, conhecido mundialmente, com muitos adeptos e muito falado, e nem demorei um minuto a decidir vir para cá", afirmou Castillo, citado pelo sítio do Benfica na Internet, assegurando a vontade de "dar tudo em campo".

O chileno concluiu a sua formação no Universidade Católica, tendo alinhado ainda nos belgas do Brugge, que o cederam por empréstimo a Mainz, Frosinone e ao clube chileno, antes de rumar aos Pumas, em 2016/17.

"Cheguei jovem, um pouco imaturo. Agora estou a 100%, passei de novo pelo Chile, estive no México e isso ajudou-me muitíssimo. Joguei em ligas incríveis, em todas aproveitei e aprendi. Agora venho com a ideia de jogar e ajudar no que a equipa precisar", rematou Castillo.


Nicolás Castillo já chegou a entendimento com o Pumas, no que diz respeito aos termos da sua desvinculação formal, apurou Record. Perante este cenário, o avançado fica assim oficialmente livre para poder colocar a sua assinatura no contrato com as águias, que será válido para as próximas cinco temporadas, isto é, até 2023

Perante as dificuldades na referida desvinculação, o negócio para a Luz chegou a estar tremido e o Pumas continua a não se pronunciar sobre o tema, mas Castillo está pronto para defender as águias, ficando também blindado com uma avultada cláusula de rescisão de 60 milhões de euros.



João Amaral


JOÃO AMARAL ASSINA COM O BENFICA ATÉ 2021



João Amaral, atacante português de 26 anos, é reforço do Benfica para três temporadas.

O jogador assinou contrato e foi anunciado pelo Benfica, confirmando notícia avançada por A BOLA. No Vitória de Setúbal, João Amaral realizou 78 partidas e apontou 14 golos nas duas últimas temporadas.






Chiquinho 



Chiquinho oficializou esta segunda-feira a ligação ao Benfica para as próximas cinco temporadas e mostrou-se feliz por assinar pelos encarnados.



"Muito feliz por esta nova etapa na minha carreira. É um orgulho e uma honra muito grande chegar a este enorme clube! Motivado e com muita vontade de trabalhar para vestir o manto sagrado. Agradecer a todos aqueles que sempre acreditaram em mim e em especial à minha família que está sempre lá em todos os momentos! Obrigado a todos!", reiterou numa mensagem escrita na conta pessoal de Instagram o médio que em 2017/18 foi jogador da Académica.






Yuri Ribeiro

Yuri Ribeiro mostrou-se satisfeito com o regresso ao Benfica, fazendo ainda um balanço positivo da época que alinhou por empréstimo no Rio Ave.
"O sentimento que tenho é de dever cumprido. Trabalhei muito para chegar aqui. Estou muito feliz por regressar ao Benfica. Agora é dar sequência ao trabalho feito. Já tinha muitas saudades deste clube. Tenho muito carinho pelo Benfica e sempre sonhei estar aqui. Sabia que ia ser uma época de esforço e de superação, de muito trabalho e sacrifício. Sabia que, se fizesse um bom trabalho, podia regressar a casa, que era um dos meus objetivos. Agora que estou aqui, é aproveitar e trabalhar ao máximo para conquistar muitas coisas", começou por referir, em declarações reproduzidas pelo site do clube da Luz.

"O Benfica B era um pouco diferente daquilo se espera na I Liga. Tentei aproveitar ao máximo, sabendo que tinha de trabalhar muito, nos limites. O Rio Ave ajudou-me a continuar esse processo da melhor maneira e hoje sou melhor pessoa e melhor jogador também", acrescentou.



O lateral-esquerdo apontou ainda os objetivos para a temporada que se avizinha e recordou a estreia pelas águias, lembrando ainda as palavras do irmão Romeu Ribeiro, que também representou o Benfica. "Quero mostrar trabalho, dar o melhor de mim. A exigência no Benfica é sempre muito grande. Estou preparado para dar o meu melhor, é isso que faço em todos os momentos e é isso que vou continuar a fazer", atirou.



"A minha estreia no Estádio da Luz nunca a vou esquecer. Aquele nervosismo inicial... Depois o jogo começou e os meus companheiros ajudaram-me muito. Jogar neste Estádio com tanta gente deixa sempre recordação. Mas quero olhar para o futuro e pisar mais vezes este relvado Pensei muito na minha família... Chegar até aqui e jogar neste estádio, onde o meu irmão [Romeu Ribeiro] já tinha jogado... É um sentimento de dever cumprido, mas também um olhar para o futuro, para trabalhar mais ainda e conseguir jogar mais vezes neste Estádio. Ele falava comigo e dizia-me que acreditava que eu também podia vir a jogar no Benfica. Nunca vou esquecer as experiências que ele me conta que passou no Benfica. Vai ficar muito feliz e orgulhoso quando eu entrar aqui, tal como os meus pais", afirmou

"Se queremos atingir nossos sonhos, temos de trabalhar muito. Para conseguir jogar aqui neste Estádio é preciso muito sacrifício. O que vou fazer desde o primeiro dia é trabalhar no máximo para atingir todos os objetivos", reiterou.



Tyronne Ebuehi

O Benfica oficializou a contratação do lateral direito Tyronne Ebuehi. O internacional nigeriano, de 22 anos, chega proveniente do Den Haag, da Holanda e assinou um contrato com a duração de cinco anos.





«É um sentimento de grande felicidade poder estar aqui num clube desta dimensão. É um sonho tornado realidade, um grande passo que dou na minha jovem carreira», começou por dizer em declarações aos canais oficiais do clube.




«O Benfica é um grande clube, com excelentes condições. É conhecido em todo o mundo. O facto de estar sempre nos grandes palcos, foi muito aliciante para mim. Na verdade, foi bem fácil escolher o Benfica. Sei também que nos últimos anos tem sido campeão e tem tradição na Europa. É um grande clube», vincou, antes de deixar a garantia:


- De mim, os adeptos podem esperar trabalho. Quero ajudar a equipa a lutar pelos seus objetivos.


Pré-convocado para o Mundial de 2018, Ebuehi disse ainda esperar entrar na lista definitiva da Nigéria: «Oxalá que possa disputar o Mundial. É o sonho de qualquer jogador. Espero estar na Rússia.»



Odysseas Vlachodimos


O guarda-redes alemão, de 24 anos, assinou contrato por cinco temporadas e revelou que antes de aceitar o convite dos encarnados aconselhou-se com o grego Mitroglou

Odysseas Vlachodimos é o primeiro reforço do Benfica para a próxima época. O guarda-redes de 24 anos foi ontem apresentado oficialmente, depois de fazer os exames médicos e assinar contrato válido por cinco temporadas.



Com 1,91 metros de altura, este jogador nascido em Estugarda, na Alemanha, para onde os pais de origem grega emigraram em 1960, foi formado no clube da sua cidade, de onde saiu apenas em janeiro de 2016 para representar o Panathinaikos. Chega agora à Luz a troco de 2,4 milhões de euros, de acordo com o relatório e contas do primeiro semestre de 2017-18.

"Falei com o Kostas Mitroglou e ele disse-me que o Benfica é um clube fantástico e que vou gostar de estar aqui", revelou Vlachodimos em declarações à BTV, onde comentou o facto de ter sido considerado o melhor guarda-redes da Liga grega. "Tento sempre dar o meu máximo em campo. Para mim foi importante a ajuda dos meus companheiros, treinador e clube para ganhar este prémio", disse.




Vlachodimos ainda não escolheu o número que irá envergar no Benfica, mas já avisou que na camisola quer ter o seu primeiro nome. "Escolhi ter Odysseas estampado na camisola porque é um nome mais fácil de pronunciar", explicou, revelando estar "muito feliz" por representar "um clube muito grande, com grandes adeptos, com um estádio muito bom e que nos últimos anos tem estado na Champions".

Vlachodimos é internacional alemão dos sub-15 aos sub-21 e foi apontado como uma das grandes esperanças do futebol daquele país. No entanto, no Estugarda apenas fez três jogos na equipa principal, tendo por isso saído para o Panathinaikos, onde depressa se tornou titular indiscutível, contabilizando 61 jogos em duas épocas e meia na baliza do clube de Atenas.

Vlachodimos vai agora lutar pela titularidade na Luz, preenchendo uma vaga deixada em aberto pelo brasileiro Júlio César, que deixou o clube em dezembro. Em janeiro, a SAD encarnada ainda chegou a ponderar a antecipação do ingresso de Vlachodimos, que nessa altura tinha um acordo com o Benfica para a próxima época. À partida, o terceiro guarda-redes alemão da história do Benfica irá ter como concorrentes Bruno Varela e Mile Svilar. Contudo, ainda não é certo que estes dois jogadores se mantenham na equipa, pois Svilar poderá ser emprestado e existe a possibilidade de Varela ser vendido se surgir uma boa proposta.



Germán Conti



Acordo total, o Benfica assegurou a contratação de Germán Conti, defesa-central do Colón, clube do principal campeonato da Argentina. A chegada do jogador a Portugal está prevista para a próxima semana, colocando assim um ponto final numa novela que chega ao fim com o clube encarnado a assegurar o reforço da defesa.
O custo total da operação é de 4,4 milhões de euros, impostos incluídos. A totalidade do passe de Conti fica pelos 3,5 milhões.



Há muito referenciado pelas águias, o italo-argentino chegou a fazer parte das cogitações do rival Sporting na última temporada, mas os valores em causa acabaram por determinar que não fizesse parte das opções de Jorge Jesus em 2017/18.



Conhecido pela rapidez e bom jogo de cabeça, o defesa de 1,93 metros irá juntar-se a Rúben Dias, Luisão, Jardel e possivelmente Ferro, capitão da equipa B das águias, cujo projeto futuro passa por integrar a equipa principal. Deste lote, apenas Luisão termina contrato no final da época, embora tenha um acordo verbal com Luís Filipe Vieira para continuar durante mais um ano a liderar o balneário. Vieira, de resto, disse várias vezes que o brasileiro terá sempre as portas do Benfica abertas.







Já contratados a aguardar a assinatura de contrato 



FACUNDO FERREYRA


O avançado já falou do ingresso no Benfica, enaltecendo a grandeza do clube e o que este representa




Facundo Ferreyra, que tem tudo alinhavado para ser anunciado como reforço do Benfica para as próximas quatro temporadas, já só pensa no dia em que o acordo com as águias vai ser oficializado. O avançado argentino prefere ainda não se esticar nas confirmações, mas as suas palavras não escondem que não tem dúvidas de que irá mesmo reforçar os quadros dos encarnados, que o impressionam pela dimensão.

"A ida para o Benfica está numa fase avançada, mas ainda não me disseram se estava fechado. Mas percebo que só falta acertar alguns detalhes contratuais, os quais não deverão passar deste fim de semana para serem tratados. No entanto, a parte económica com o clube está fechada desde ontem [anteontem]", assegurou, ao nosso jornal, o ex-jogador dos ucranianos do Shakhtar Donetsk. Os olhos de Ferreyra só brilham pelo vice-campeão português, esmerando-se o jogador nas palavras. "Sou sincero, sinto-me muito ansioso para que se definam todas as questões e ficarei feliz quando tudo estiver acertado. Será uma alegria pertencer ao maior clube de Portugal e onde jogaram grandes futebolistas", afirma mesmo o atacante argentino. E acrescenta: "Jogar no Benfica será um enorme desafio, pelo que o clube representa tanto em Portugal como no continente europeu - é uma instituição histórica."



O estado de ansiedade que Ferreyra diz ainda estar a viver nesta fase irá terminar muito em breve, pois, tal como O JOGO explicou na edição de ontem, o jogador é esperado amanhã em Lisboa para aí poder formalizar a ligação aos encarnados. À sua espera, o melhor marcador da liga ucraniana em 2017/18 (fez 21 golos nas 30 jornadas em que participou) terá um salário líquido de 2,2 milhões de euros, aos quais se juntará um prémio de assinatura de quatro milhões de euros.




EM NEGOCIAÇÃO




Aarón Martín Caricol



Benfica tenta baixar o preço de Aarón Martín, lateral-esquerdo do Espanyol, de 21 anos.


O Benfica encarnados já se colocaram em campo para tentarem garantir o melhor posicionamento na hora de atacar os serviços do jogador. Para já, está agendada para dentro de duas semanas uma reunião entre responsáveis das águias e dirigentes do emblema catalão, no qual também deverão marcar presença os representantes do jogador. E é aqui que, de acordo com as informações recolhidas pelo nosso jornal, o clube da Luz tentará desde logo tomar o pulso à abertura dos espanhóis para baixar as pretensões pelo canhoto.






SAÍDAS


Talisca

Talisca irá, tudo indica, prosseguir a sua carreira na China. Ao que Record apurou, até agora, foram dois os emblemas que já colocaram ofertas formais em cima da mesa da SAD benfiquista: Beijing Guoan e Changchun Yatai. E qualquer um dos dois está disposto a chegar aos 35 milhões de euros pelos quais Luís Filipe Vieira aceita negociar o internacional brasileiro. No entanto, uma vez que o médio canarinho tem mercado, o presidente encarnado ainda tentará naturalmente ‘esticar’ os valores.

 
De acordo com as informações recolhidas pelo nosso jornal, o interesse de clubes da Premier League é real, mas até ao momento nenhum emblema inglês oficializou uma proposta. Por isso mesmo, os únicos cenários atualmente em análise são provenientes dos referidos clubes orientais, com números bastante tentadores, tanto para as águias, como para o próprio jogador. Até agora, Talisca ainda não assinou qualquer documento – o jogador encontra-se de férias –, mas tudo poderá desenrolar-se a partir da próxima semana.

Recorde-se que o Besiktas tinha opção de compra no valor de 21 milhões de euros – aos 25 milhões eram descontados os 4 já pagos pelo empréstimo nos últimos dois anos –, mas deixou passar o prazo para exercer esse direito, até porque também não tinha liquidez de tesouraria para avançar.


Agora, as águias poderão fazer um verdadeiro ‘jackpot’ com um elemento ao qual Luís Filipe Vieira vetou o regresso.







Actualizado em 04/6/18 - 18.30 h



domingo, 8 de abril de 2018

HOJE FAZ ANOS

SOKOTA


Šokota assinou contrato com o FC Porto depois de sair do SL Benfica, onde jogou entre 2001 e 2005. Antes jogou quatro épocas no seu país de origem no Dinamo Zagreb e foi o melhor marcador do campeonato croata em 2000 e 2001. Šokota jogou três jogos pela selecção nacional da Croácia no Euro 2004 em Portugal. No total já conseguiu um total de oito internacionalizações e dois golos pela Croácia.



No final de 2004, e após recusar todas as propostas de renovação de contrato por parte do Benfica, Šokota foi relegado para a equipa B (equipa de reservas), onde acabou por jogar o resto da época de 2004/2005. Em Junho de 2005, depois do seu contrato com o Benfica finalmente acabar, assinou com os eternos rivais FC Porto a custo zero. Šokota tem sido perseguido por lesões graves desde que joga em Portugal, tendo realizado quatro intervenções cirúrgicas. Depois de assinar pelo FC Porto, a sua primeira lesão aconteceu no início da época 2005/2006, tendo apenas voltado a jogar um jogo oficial na última jornada na Liga Portuguesa dessa época. No início da pré-época 2006/2007 sofreu outra lesão grave tendo voltado a jogar apenas em 4 de Fevereiro de 2007, entrando como substituto na derrota em casa do FC Porto frente ao Estrela da Amadora por 0-1.



Em Março de 2006 assina pelo clube do coração, o NK Dinamo Zagreb, pondo assim fim a aventura portuguesa, onde demonstrou qualidade mas nunca conseguiu fugir ao azar das lesões.


Em Julho de 2009 Šokota mudou-se para a Liga Belga, assinando um contracto com o Lokeren.

Em Agosto de 2010 foi emprestado ao Olimpija Ljubljana para a temporada 2010/2011.


MOMENTOS