domingo, 4 de setembro de 2016

ALVALADE UM ANTRO DE MENTIRAS




AS GRANDES MENTIRAS DO PEQUENO LÍDER GORDO


26.04.2014

O presidente do Sporting alegou que o presidente do Benfica tinha afirmado que "o grande reforço das águias eram as nomeações dos árbitros". Em resposta, Luís Filipe Vieira declarou:

«De certeza absoluta que esse telefonema não existiu. O Bruno chegou há pouco tempo, não sei se vê fantasmas... Já nem me lembrava disso. Mas quero garantir, sob a minha palavra de honra, que nunca fiz um telefonema desses ao Bruno de Carvalho. É feio dizer... mas mentiu. Não vamos esconder que não há aproximação com o FC Porto. Trabalhámos sempre em conjunto com o Sporting. É importante que haja relações. O Bruno de Carvalho está há pouco tempo, tem a sua estratégia. Está a fazer um bom trabalho, está à vista."

A alegada conversa ao telefone já não parece relevante nesta altura, mas o presidente do Benfica a louvar o presidente do Sporting - não obstante a "mentira" - e a afirmar que os dois clubes sempre trabalharam em conjunto, já é caso para reflexão. Não sei bem se Luís Filipe Vieira se refere à suposta nova aliança entre os dois vizinhos da Segunda Circular se a uma qualquer outra mútua estratégia, mas se o Sporting deve ter muitas cautelas com o rival do Norte, não menos deverá ter com o de Lisboa.

Esta temática devia ser comentada pelo City Lion, dado que o mundo zabaneiro das politiquices não é o meu forte !
  
Adenda : Bruno de Carvalho mais uma vez apanhado em flagrante a "obrar a verdade com ligeireza na oratória". A sua reacção às declarações de Luís Filipe Vieira podem ser lidas aqui, mas segundo a sua NOVA versão das coisas é que no referido telefonema "ironizámos os dois" !!!

Mas ainda adicionou que "mas há uma coisa que não é ironia. É que o presidente do Benfica disse publicamente, há uns tempos, que o mais importante não eram as contratações, mas ter as pessoas certas nos sítios certos nos órgãos de poder do futebol.".

É verdade que Luís Filipe Vieira disse isto, mas... e é um MAS muito grande, muito antes de Bruno de Carvalho ser presidente do Sporting.



28.05.2014

Bruno de Carvalho reconhece que telefonema com Vieira não existiu


Presidente do Sporting revelou que tudo não passou de “ironia”.
Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, confirmou esta quarta-feira que o célebre telefonema de Luís Filipe Vieira sobre as “nomeações” afinal nunca existiu.

Ontem, em entrevista à RTP, o líder do Benfica acusou o seu homólogo dos leões de ser “mentiroso”, por ter contado aos jornalistas, a dado momento da época, um alegado telefonema entre os dois, no qual Vieira lhe teria dito que o principal reforço dos encarnados eram “as nomeações”. Um telefonema que, segundo Vieira, não existiu.

Hoje, em conferência de imprensa, Bruno de Carvalho desvalorizou a polémica. “Fui questionado sobre o presidente do Benfica, que teria dito que, num telefonema, me teria dito que já tinha os pontos suficientes para não descer de divisão. Foi esta a pergunta que me fizeram. Eu disse que no mesmo telefonema nós estivemos a conversar e ele contou-me que depois de gastar uns milhões valentes na equipa, o melhor reforço foi um jogador chamado nomeações sem sentido. Se pegar nisto tudo, no primeiro telefonema que ele me teria feito, e a segunda parte do mesmo, poderá perceber que ironizámos os dois”, justificou Bruno de Carvalho, citado pelo jornal A Bola.

“Mas há uma coisa que não é ironia. É que o presidente do Benfica disse publicamente, há uns tempos, que o mais importante não eram as contratações, mas ter pessoas nos sítios certos nos órgãos do poder do futebol”, acrescentou.



26.02.2016

FOOTBALL LEAKS PROVA QUE BRUNO DE CARVALHO MENTIU NA CONTRATAÇÃO DE BRUNO CÉSAR


Afinal, quanto custou ao Sporting chegada de Bruno César? Bruno César chegou ao Sporting no mercado de inverno. O jogador brasileiro deixou o Estoril e assinou pelos leões num negócio, alegadamente, a custo zero. Porém, de acordo com o revelado esta terça-feira pelo Record, o zero é bastante relativo.

De acordo com informações recolhidas pelo jornal junto do site Football Leaks, o brasileiro custou ao cofres de Alvalade 1,3 milhões de euros, valor pago por comissão ao intermediário Costa Aguiar. O empresário recebeu este valor por conseguir a transferência ‘em condições extremamente vantajosas, nomeada mas não exclusivamente pela ausência de qualquer pagamento ao clube ao qual o atleta se encontra contratualmente ligado’, o Estoril.
  
O contrato entre jogador e SAD foi assinado a 14 de Novembro de 2015, sendo que o jogador fica ligado ao emblema de Alvalade até 2020. Na primeira temporada o valor auferido será de 400 mil euros brutos, mas na próxima temporada este valor irá aumentar para o dobro: 800 mil euros. Nas restantes épocas desportivas o valor sobe, mas pouco, para os 900 mil euros/ano, o que dá um rendimento mensal de 75 mil euros.

Além deste valor, por cada série de 15 jogos, com um mínimo de 46 minutos disputados por partida, o médio canarinho recebe mais 50 mil euros, havendo ainda no contrato celebrado entre as duas partes direito a prémio de jogo.

Afinal, o custo zero saiu bastante caro! Mais uma mentira de Bruno de Carvalho e do Sporting Clube de Portugal? O futebol português vai de mal a pior e ninguém sabe quando estes dirigentes estão a dizer a verdade.

ENTÃO NÃO ERA B. DE CARVALHO QUE NÃO PAGAVA COMISSÕES AOS AGENTES?

MAIS UMA MENTIRA



28.04.2016

CARLOS BARBOSA: «BRUNO DE CARVALHO MENTIU»

Ex-vice vai até ao fim com o julgamento

Carlos Barbosa, antigo vice-presidente do Sporting, garantiu esta quinta-feira que não vai aceitar um julgamento num Tribunal Arbitral e revelou que vai avançar com um processo contra Bruno de Carvalho, presidente do clube leonino, por "difamação".

"Bruno de Carvalho mentiu na última Assembleia Geral porque já sabe há um mês, através do seu advogado, que não é possível resolver um problema entre sportinguistas no Tribunal Arbitral", disse à Rádio Renascença.

Carlos Barbosa considerou que a queixa feita a seu respeito "não tem qualquer sentido" e disse que  "Bruno de Carvalho não pode brincar com os associados e com as pessoas de quem ele não gosta."
  
"Nunca estive em nenhuma SAD e, se calhar, já dei mais dinheiro ao Sporting do que Bruno de Carvalho alguma vez dará", frisou, falando em "criancice" por parte do líder leonino.

Estas declarações de Carlos Barbosa mereceram uma reação por parte de Bruno de Carvalho à margem de um debate na Universidade Nova de Lisboa.



03.05.2016

ACP vai processar Bruno de Carvalho


O presidente dos leões tinha respondido de forma dura às críticas de Carlos Barbosa, presidente do ACP e antigo dirigente do Sporting.

O Automóvel Club de Portugal (ACP) anunciou hoje que vai “processar judicialmente” o presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, por “declarações ofensivas" relacionadas com o processo eleitoral do ACP.

“O Automóvel Club de Portugal, instituição de utilidade pública sem fins lucrativos, não tem preferências políticas, religiosas ou clubísticas, orgulha-se de manter com todas as instituições idóneas uma relação de grande respeito e colaboração institucional. O mesmo se passa com o Sporting Cube de Portugal, instituição centenária que muito tem feito pelo desporto nacional”, refere o comunicado do ACP.

Na mesma nota, o ACP “lamenta, por isso, comunicar que, na defesa da sua honra, irá processar judicialmente o sr. Bruno de Carvalho, atual presidente do Sporting Club de Portugal, por declarações ofensivas por este proferidas no passado dia 28 de Abril sobre o processo eleitoral do ACP”.

A 28 de abril, à saída de uma palestra na Universidade Nova, Bruno de Carvalho foi confrontado com acusações do antigo vice-presidente do Sporting, que disse que o actual líder dos ‘leões’ tinha mentido na última Assembleia Geral.

Em causa estava a criação de um tribunal arbitral, em vez do cível, para julgar processos relacionados com antigos dirigentes do clube. “Bruno de Carvalho, na última Assembleia Geral, mentiu, porque ele já sabe há um mês que não é possível resolver o problema no tribunal arbitral. Vou até ao fim com o julgamento”, tinha dito Carlos Barbosa numa entrevista à Rádio Renascença.

Confrontado com estas palavras, Bruno de Carvalho começou por dizer que Carlos Barbosa tinha sido um “lusco fusco” como dirigente do Sporting. “Como é que uma coisa tão importante como o ACP insiste em ter um presidente como o Carlos Barbosa. É a única contradição e a única mentira que eu vejo, porque quando me candidatei ao Sporting não mandei para os meus associados só um boletim com o meu nome, como ele fez no ACP. Depois, pediu desculpa, mas na altura em que mandou o boletim já 90 por cento tinham votado”, disse Bruno de Carvalho à saída da palestra.



15.06.2016


Bruno de Carvalho recusou proposta de 80 milhões


Bruno de Carvalho revelou esta quarta-feira ter recusado, em Janeiro, uma proposta de 80 milhões de euros por um jogador do plantel do Sporting.

Durante uma visita às obras que decorrem na academia, em Alcochete, e que visam melhoramentos tanto na ala profissional como na de formação, o presidente dos leões escusou-se, contudo, a desvendar o nome do jogador e do clube em causa.

«Se o Sporting não tivesse objectivos tão bem definidos, em Janeiro podia ter vendido um jogador, por 80 milhões, a pronto. Não interessa qual seria o jogador, o Sporting não está obcecado por fazer grandes vendas», esclareceu Bruno de Carvalho.

mais uma mentira


ALGUMAS PUBLICAÇÕES FORJADAS E MANIPULADAS



                                      IMAGEM DA FESTA DE CAMPEÃO             FALSIFICAÇÃO
                                                   2013/14


A CEREJA NO TOPO DO BOLO