terça-feira, 17 de maio de 2016

BRUNO DE CARVALHO


Encabeçou na madrugada de Domingo um grupo de hooligans afectos ao Sporting na tentativa de agredir adeptos do Benfica que estavam a comer no Mac Donalds na Av. Padre Cruz junto às bombas da BP. Segundo fontes ligadas a este personagem, disseram que ele apenas se ia a dirigir para o parque de estacionamento daquele restaurante, para ir buscar o carro, desculpa esta que ninguém acreditou porque ele tem um parque reservado para dentro das instalações do estádio, além também do que se viu nas imagens transmitidas pela CMTV em que se via o presidente daquela colectividade recreativa, rodeado de seguranças e de olhos esbugalhados, ia dizendo aos hooligans; "calma" "ninguém faz nada".




Eu estranho por completo, como é que a CMTV não adiantou mais nada sobre este acto de verdadeiro terrorismo, protagonizado pelo presidente e seus acólitos. Não fosse a imediata intervenção do Corpo de Intervenção da PSP, estou convencido que aqueles adeptos do Benfica que estavam apenas a comer depois de terem saído da festa do TRI e também porque aquela hora (2H) é o único sítio de Lisboa aberto para se poder comer alguma coisa, não estariam neste momento vivos, porque aquelas imagens que todos vimos naquele canal, não deixaram dúvidas nenhumas do que aquele "HOOLIGAN" que preside à aquela colectividade, se preparava para fazer. Graças a Deus alguém se apercebeu da gravidade da situação e preveniu a PSP que interviu de imediato evitando assim um derrame de sangue desnecessário.

Estou absolutamente convicto que este "HOOLIGAN" anda a lançar lenha para a fogueira e que mais dia menos dia vai acontecer uma desgraça, e aí, eu estou cá para ver a quem se vai pedir as devidas responsabilidades.
Jorge Silva