domingo, 29 de maio de 2016

ÉPOCA DE 1955/56

PLANTEL


Artur, José Águas, Coluna, Costa Pereira, Alfredo, Caiado, Ângelo, Palmeiro, Salvador, Jacinto, Cavém, Calado, Garrido, Pegado, Zézinho, Monteiro, Naldo, Bastos, Isido, Mendes, Fialho

TREINADOR


OTTO GLÓRIA

MELHOR MARCADOR


JOSÉ ÁGUAS - 31 GOLOS

RESULTADOS


CRÓNICA DA ÉPOCA

16 anos volvidos o FC Porto voltou ao lugar mais alto do pódio, depois de bater o Benfica numa luta titânica até à última jornada, depois de terminarem os dois com os mesmos pontos o Porto acaba por vencer devido aos golos entre sí 4 a 1. 
A festa invadiu as ruas da Invicta que celebraram um título que há tanto tempo escapava ao clube mais representativo da cidade.
Tal como no ano anterior, em que Benfica e Belenenses discutiram o título, o Campeonato de 1956 decidiu-se nos últimos 90 minutos, com o FC Porto a levar a melhor, estando em vantagem no confronto directo acabou por ser campeão com os mesmos 43 pontos que os encarnados.
Mais atrás o decepcionante Sporting, já longe da equipa maravilha dos «Cinco Violinos», afundando-se no quarto lugar atrás do Belenenses. Na cauda da tabela o Sp. Braga, irreconhecível depois do quinto lugar conquistado um ano antes.

CURIOSIDADES




BILHETE DO JOGO SPORTING 1 - BENFICA 3



JOGO - BENFICA 1 - PORTO 1